COLUNAS DE TRAJANO

01/08/2014 00:35

Colunas de Trajano

 

        No decorrer da obra de Saint Seiya foram expostas diversas referências acerca da Mitologia Clássica, sua abordagem principal, entre outras temáticas de cunho histórico cultural. Dentre essas referências, encontramos no 108° capítulo intitulado “Hades desperta da era dos deuses” uma provável referência a Coluna de Trajano, projetada por Apolodoro de Damasco, em 112-114 D.C.

 

 photo SemTiacutetulo-1_zps33cf1918.jpg

Trecho retirado do 108° capítulo, “Hades desperta da era dos deuses”, pela Conrad Editora.

 

       

        Esta coluna é um dos monumentos mais importantes da arte Romana no auge do poder do Império. Devido às inovações com funções funerárias e comemorativas foi usada como veículo de divulgação para glorificar a capacidade militar do Imperador. Apesar de funcionar como grande referência no espaço do fórum, por estar cercada por outras construções no Fórum de Trajano, a coluna era quase imperceptível.

        Erguida sobre uma estrutura - onde depositaram as cinzas do Imperador -, a coluna segue um pedestal decorado com louros, depois uma haste e, por fim, um capitel numa altura de 38 metros. Construída com 20 blocos de mármore, cada um pesando 40 toneladas e um diâmetro de 4 metros. Em seu interior, existe uma escada, em espiral, com 185 degraus, que permite o acesso à plataforma superior. Antigamente, existia uma estátua de uma águia, que, posteriormente, foi modificada por Trajano. Em 1588, por ordens do Papa Sisto V, a estátua de Trajano foi retirada para dar espaço à imagem de São Pedro.

 photo IMG_1469_zps538b462d.jpg

 

        Essa construção histórica das campanhas vitoriosas de Trajano na Dácia é representada mais de 60 vezes ao longo da coluna. Durante o relevo de 200 metros estão representados vários episódios das batalhas, dos assaltos, das pilhagens e dos acampamentos militares, entre outras façanhas, reunindo cerca de 2.500 figuras com expressões e atitudes individualizadas, representando um amplo realismo. Embora as figuras tenham um tratamento anatômico correto, a figura do Imperador se destaca surgindo numa escala ligeiramente superior, numa espécie de hierarquização exaltando sua glória e imortalização.

 

 photo Trajan_inscription_duotone_zps36c6f943.jpg

 

Pode ser traduzido como:

 

“O Senado e o Povo Romano (subentende-se dão ou dedicam esta coluna) ao imperador César, filho de Nerva, Pontifex maximus no seu 17º ano no tribuno, tendo sido aclamado seis vezes Imperador, seis vezes Cônsul, Pater Patriae, para demonstrar a grande altura a que o monte se encontrava e foi removido para tais grandes trabalhos.”

 

        Antes do encerramento dessa matéria, gostaria de fazer uma observação em nível de curiosidade: Em 1588, a estátua de Trajano foi substituída pela estátua de São Pedro e, aproveitando o mesmo gancho, ou não, (já que não temos como afirmar isso), Masami Kurumada também alterou a estátua no topo da coluna. Em Saint Seiya, no capitel daquela estrutura, encontra-se a estátua em homenagem a Hades. Outro detalhe interessante é que o plinto da coluna foram depositadas as cinzas do Imperador Trajano e, em Saint Seiya, encontra-se o corpo de Hades da Era Mitológica.

 

Por Lucas Saguista

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!