DIFERENÇAS PROFUNDAS ENTRE EMANAÇÕES CÓSMICAS E TÉCNICAS SECRETAS!

02/09/2013 23:38

Diferenças profundas entre

Emanações Cósmicas e Técnicas Secretas!

 

 

    Os principais protagonistas da Guerra Santa, que encerrou com “chave de ouro” a obra de Masami Kurumada: Saint Seiya; retornaram com suas reputações de mais poderosos de sua época honrando tal alcunha. Saga, Shura e Camus demonstraram todo o seu potencial de combate enfrentando seus antigos companheiros no território das Casas do Zodíaco reforçando sua superioridade induvidável durante todo o clímax desta fase. Entre as possíveis temáticas a serem exploradas nesse marco, escolhemos discorrer uma particularidade em especial hoje: a questão das Emanações Cósmicas e das Técnicas Especiais.

    Devem se perguntar às razões da escolha deste tema, afinal, escolher uma abordagem tão simples tendo tantas outras mais polêmicas parece até um descaso com o público leitor, contudo, afirmo que não. Por mais impressionante que seja ainda encontramos em discussões pessoas com sérios problemas em distinguir um caso do outro, então, julgamos sensato esclarecê-lo para evitar outras más interpretações à frente. Portanto, acompanhe-nos no decorrer desse esclarecimento para evitarmos cair num senso comum.

 

  • Questão das Técnicas Especiais;

 

 

    Apesar da ausência de explicações em várias passagens no desenvolvimento da obra, temos que convir que em matéria de Golpes Secretos o estilo de Masami Kurumada é inconfundível. Não pela simplicidade da seqüência, mas pela objetividade do autor em especificar para o leitor quando o personagem está para desferir seu golpe fatídico. Vejam:

 

 

17 photo 17_zps0b8aa481.jpg 18 photo 18_zpsa8adb13b.jpg

Trecho retirado da 15ª edição dos Cavaleiros do Zodíaco lançado pela Conrad Editora

 

    Essa “ritualística” acontece todas as “Técnicas Secretas” da obra e segue uma espécie de roteiro, conforme a ordem:

  1. O atacante anuncia a execução de sua técnica;
  2. O atacante assume uma postura ou posição que identifica o ataque;
  3. O atacante executa a técnica exclamando seu nome e aparece uma ilustração representando ou caracterizando de fundo o golpe;

    Resumindo: qualquer ataque desferido sem respeitar esse “script” ou roteiro não passa de um ataque comum, que denominamos “Emanação ou Rajada Cósmica”. Outras características poderiam ser consideradas para deixar essa questão sem sombras de dúvidas, entre elas as páginas inteiras ou duplas que ilustram a potencialidade das Técnicas Secretas, entretanto, esse modelo é respeitado durante toda a obra encerrando assim qualquer questionamento acerca disso.

 

 

  • Questão das Emanações Cósmicas;

 

 

    Durante a Guerra Santa descobrimos outras maneiras de utilização cósmica no caminho percorrido pelos anti-heróis Saga, Shura e Camus, que conseguiam disparar ataques à longa distância usando o cosmo sem utilizar de suas “Técnicas Secretas”. A denominação usada nesse artigo respeita a descrição do personagem Aiolia de Leão, ao pressentir uma nova emanação cósmica com destino a Casa de Virgem, igualmente ofensiva àquela que abatera o Salão do Grande Mestre.

 

19 photo 19_zps442e8bb0.jpg

Trecho retirado da 33ª edição dos Cavaleiros do Zodíaco lançado pela Conrad Editora

 

    Com base na imagem acima, podemos destacar dois elementos importantes para essa matéria:

  1. Em momento algum vemos Saga exclamando uma de suas Técnicas Secretas na execução daquela Rajada Cósmica;
  2. “Um cosmo poderoso foi emanado...” – Conforme podemos ver, Aiolia de Leão trata aquela ofensiva como emanação cósmica.

    Embora muitos fãs considerem (erroneamente) aquilo como uma Técnica Secreta – como, por exemplo, uma Explosão Galáctica – existe uma grande diferença entre ambas. Vemos isso claramente na resposta de Shaka de Virgem aquela ofensiva cósmica disparada por Saga:

 

20 photo 20_zps386128fe.jpg

Trecho retirado da 33ª edição dos Cavaleiros do Zodíaco lançado pela Conrad Editora

 

    Na imagem acima, como podemos acompanhar, Shaka de Virgem não utiliza uma Rajada Cósmica, mas sim, uma de suas técnicas de seu principal arsenal: A Rendição Divina. Conforme vemos, Shaka de Virgem exclama o nome de Técnica Secreta e, imediatamente ao fundo, podemos conferir a ilustração que representa aquele determinado ataque.

    A proposta da análise trazida nesse artigo surgiu em função de uma mudança sofrida na adaptação do mangá para animação, onde a trindade renegada dispara suas principais Técnicas Secretas contra a barreira de Shaka de Virgem (Kahn), quando no mangá, estes disparam apenas Rajadas Cósmicas. Infelizmente, existe uma grande parcela do público que ainda é imatura e, em função disso, distorce os acontecimentos do mangá para massagear o ego de seu personagem preferido (como se isso alterasse a interpretação da obra). Confiram a imagem abaixo:

 

21 photo 21_zps19f622eb.jpg

Trecho retirado da 35ª edição dos Cavaleiros do Zodíaco lançado pela Conrad Editora

 

    A grande confusão causada pela mudança na animação gerou polêmica em muitos centros de debate da obra, que acabou distorcendo a visão de muitos fãs. Embora possa ser apenas uma má interpretação não proposital (particularmente, acho difícil), essa questão é interessante para entendermos o contexto apresentado pelo autor nesse quesito de ataques. Ainda sobre a imagem acima, muitos arriscam em afirmar que Shura tenha disparado sua Técnica SecretaExcalibur – pela posição peculiar de sua mão, entretanto, conforme vimos anteriormente, técnicas secretas são anunciadas enquanto executadas. Nem Camus assumiu a postura para disparar alguma de suas técnicas, nem Saga assumiu a postura para desferir uma de suas técnicas e nenhum dos três anunciou ou exclamou o nome principal de seu ataque naquele trecho, então, aquele ataque não se tratava em hipótese alguma de uma Técnica Especial.

            Outro erro freqüente encontrado em debates ainda envolvendo essa questão está relacionado à Intensidade Cósmica (que nem foi mencionada no mangá), onde muitos afirmam que os renegados atacaram Shaka de Virgem com força total. Não nos deixemos enganar por comentários de cunho duvidoso, afinal, como poderiam atacar Shaka de Virgem com força total sem matá-lo? Conforme descobrimos a frente, quando três Cavaleiros de Ouro queimam seus cosmos ao nível máximo num único ponto, geram indiscutivelmente a técnica sombria: “Exclamação de Athena”, logo, qualquer insinuação desse gênero está completamente equivocada.

            Para encerrar essa discussão, antes que afirmem que Rajadas ou Emanações Cósmicas só acontecem à longa distância, relembremos o combate entre Shion e Dohko de Libra:

 

22 photo 22_zpsff93e045.jpg

Trecho retirado da 34ª edição dos Cavaleiros do Zodíaco lançado pela Conrad Editora

 

    Como podem ver, ambos disparam Rajadas Cósmicas à curta distância, encerrando assim, qualquer tentativa de insinuação de afirmar o contrário. Esse tipo de situação também ocorre por parte da tropa inimiga, quando os espectros disparam, não seus ataques principais, mas sim, Rajadas Cósmicas contra Shaka de Virgem.

 

 photo 23_zps7103ab16.jpg

Trecho retirado da 35ª edição dos Cavaleiros do Zodíaco lançado pela Conrad Editora

    Concluímos, apartir dos dados apresentados no mangá, a grande diferença de utilizações do cosmo e suas variantes, assim como refutamos qualquer margem de dúvidas ou más interpretações acerca do trecho da trindade na Casa de Virgem quanto à diferença da animação.

 

Por Lucas Saguista.

Tópicos semelhantes: Seiya sobrepujou a Explosão Galáctica?

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!