EPISÓDIO 16 - UM FILLER DE SAINT SEIYA ÔMEGA

24/07/2012 22:39

Um Filler de Saint Seiya Ômega

Por Julian VK

 

 

        Quem acompanha séries famosas em anime baseadas em mangás ainda não concluídos sabem que é inevitável uma certa quantidade de fillers. Portanto, como Saint Seiya Omega estava quase alcançando o seu respectivo mangá, foi preciso incluir um episódio puramente filler- ESPERE! SSΩ não possui uma versão em mangá!

 

        Por mais que SSΩ seja uma obra independente, os autores viram a necessidade de incluir um episódio que em nada contribuiu com o desenvolvimento da trama, ou seja, um legítimo filler. É bem provável que os novos personagens apresentados (ou seja, os donos da pensão) nunca mais sejam vistos novamente (embora o velho talvez apareça no começo do 17), situação que, caso se concretize, tornará totalmente inútil o episódio 16.

 

        De uma forma geral, este é um episódio totalmente ignorável e sem graça.

 

        A cena inicial, em que o grupo é atacado por uma tropa de marcianos, é tão sem sal que a parte que o detalhe que mais me chamou a atenção foi a forma muito estranha de correr dos soldados de Mars. Sério, quem corre daquele jeito? Também vale a pena comentar que Yuna perde sua “carteira” durante e fuga, algo que me pareceu um tanto forçado. Seria mais aceitável se um marciano tivesse roubado/tomado a dita carteira, rasgado a mochila ou algo mais compreensível do que simplesmente “pular fora da mochila”.

 

        Enfim, para conseguir um método de atravessar o mar, os cavaleiros de bronze aceitam trabalhar em uma pensão. Kouga recebe a responsabilidade de lavar os pratos, Souma se torna um garçom, Yuna recebe a tarefa de lavar lençóis e Haruto utiliza suas habilidades para lavar janelas como um ninja.

 

        Nesta parte do episódio fica comprovado que Souma é realmente brasileiro, pois se refere a duas garotas como “senhoritatachi”, sendo que em japonês “tachi” indica plural. Além disso, ele não perde uma chance de passar cantadas nas moças que se encontram na pousada. Se continuar assim terá que abandonar a vida de cavaleiro e arrumar um trabalho fixo para sustentar um filho e uma garota de dezesseis anos.

 

        Bem, como é costume em animes shounen que envolvem protagonistas lutadores viajantes, eles falharam miseravelmente. Um lamentável clichê, pois na minha opinião enriqueceria um pouco a série mostrando que cavaleiros também sabem realizar tarefas simples do dia a dia ao invés de colocá-los como destrambelhados que servem somente para lutar. Mas só um pouco.

 

        Como também é de costume em animes, depois de falhar pela primeira vez os protagonistas imploram por uma segunda chance (ou são ameaçados caso falhem novamente) e finalmente conseguem fazer tudo corretamente. Por uma ironia do destino, desta vez fugiram do clichê e novamente os cavaleiros de bronze falharam, agora porque Souma colocou pimenta demais na comida. Agora temos certeza de que além de brasileiro ele também é nordestino.

 

        Depois de se demitido, o grupo filosofa sobre o estilo de vida de um cavaleiro – o tema deste episódio – e comentam que pessoas normais nada sabem a respeito deles e de seus sacrifícios. Ainda assim, eles não se arrependem e optam por viver no limite. Nada que não tenhamos visto no clássico...

 

        Logo eles são atacados novamente pela tropa de marcianos – que ameaçam matar todo mundo na cidade caso os bronzeados fujam – e um combate se inicia. Surpreendentemente a mesma turma de bronze que derrotou cavaleiros de prata leva uma surra de guerreiros que inspiram menos confiança que os esqueletos de Hades. Contudo – e isto nada tem de surpreendente –, no fim eles vencem com um único golpe. Ou melhor, com uma única junção de golpes.

 

        As pessoas da cidade confundem a luta com um show, demonstrando ignorância com relação aos cavaleiros. Até faria sentido não fosse por um pequeníssimo detalhe: Saori Kido revelou para TODO MUNDO a existência dos cavaleiros através da guerra galáctica. Como é possível que numa cidade grande ninguém soubesse que pessoas vestindo armaduras e soltando poderes especiais são cavaleiros?

 

        Enfim, mesmo considerando o fato de que os cavaleiros de bronze destruíram parte da pensão durante a luta, os donos ainda assim demonstram boa vontade e, no fim das contas, o grupo consegue uma carona de lancha.

 

        Se você leu até aqui então certamente tem uma boa ideia do quão decepcionado eu estou com este anime que só vai de mal a pior...

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!