EPISÓDIO 17 - ESQUECERAM DE RYUHO

01/08/2012 19:27

Esqueceram de Ryuho

Por Julian VK

 

        Antes de começar a revisão quero fazer um comentário: estou um tanto decepcionado com o boicote que Ryuho vem sofrendo. Parece que esqueceram ele na casa do Shun, sendo que o dobrador de água é um dos principais elos Saint Seiya Omega e o clássico. Além disso, o fato de Haruto sumir e reaparecer quando bem entende não está tornando o personagem muito mais popular. Ao invés disso faz com que pareça um grande e convencido babaca.

        Mas falemos sobre o episódio. Eu me pergunto se Kouga e seus amigos estavam na Sri Lanka no episódio anterior e, mais importante, por que diabos eles estavam lá. Se Jamiel, que fica na fronteira entre a China e a India, é parte do caminho até a Ruína do Fogo, então sobram poucos locais de onde seria viável atravessar o mar numa lancha. Além disso, há poucos episódios atrás os cavaleiros de bronze pareciam estar numa ruína da América do Sul. Que diabos de roteiro eles estão seguindo?

        De toda forma, em Jamiel (ou nas proximidades) eles encontram uma garota lemuriana chamada Raki (que tem uma sonoridade que me leva a pensar que na verdade deveria ser Lucky, mas isso não importa). Kouga demonstra uma habilidade incrível em parecer um pedófilo, pois além de “stalkear” a garota ainda por cima pergunta por que diabos ela estava andando sozinha por lá.

        Depois de afundar uma pedra na cara de Kouga, Raki percebe que na verdade eles são cavaleiros e após ser salva do terrível ataque de um... PÁSSARO NORMAL (!!!!!!) ela aceita acompanhar os bronzeados. Para a surpresa geral (das personagens, não dos espectadores) ela revela ser discípula de Kiki, o único homem capaz de consertar as armaduras, e sua missão é conseguir Stardust Sand, um material necessário para fazer a invocação Synchro do Stardust Dragon. E para consertar armaduras também.

        Quando Kouga pergunta o motivo de Raki buscar Stardust Sand sozinha ela revela que seu mestre está se escondendo para não ser encontrado pelos vilões. Quem diria, Kiki se tornou mais parecido com o Mu do que eu poderia imaginar.

        Enquanto isso, o cavaleiro de prata de Cérbero, Dourei (creio que seja esse o nome), solicita a Sonia permissão para recuperar Athena e interrogar Raki para saber onde está o lendário “Reparador”.

        Na cena seguinte, Raki ensina para Aria uma lição importante sobre Saint Seiya: quando o protagonista precisa proteger uma garota imprestável ele se torna extremamente apelão e alcança o sentido mais poderoso de todos: o roteirismo.

        Na caverna onde se encontra a Stardust Sand o grupo é atacado pelo Cérbero, que possui o poder de criar duas cópias de si mesmo através de uma técnica secreta de mitose cósmica. O estilo combina com o fato de que o cão de guarda do inferno possui três cabeças, mas poderia ser um tanto menos perturbador...

        Não entrarei em detalhes a respeito desta luta, porque nada teve de interessante. Tudo se resume em duas etapas: primeiro os cavaleiros de bronze levam uma surra colossal, depois Kouga se levanta e, pelo poder do roteiro, reúne poder suficiente para derrotar Cérbero em um único golpe. Apenas mais uma batalha genérica de Saint Seiya.

        Após a derrota dos cavaleiros de bronze, Raki joga Stardust Sand nas armaduras, consertando as rachaduras. Chega a ser engraçado que Mu tenha demorado uma hora para consertar os defeitos imperceptíveis de quatro armaduras de bronze enquanto que a discípula de Kiki demorou um minuto para consertar rachaduras em duas armaduras. Desde quando ficou tão fácil repará-las?

        Enfim, na cena final Kiki aproveita para fazer um bico e levar os arietes à loucura. Ele deixou de lado sua personalidade insuportável e agora é um homem calmo e pacato com um cabelo longo preso por uma fita na metade. O único detalhe que falta para que ele seja o Mu 2.0 é usar a armadura de Áries.

        Como nunca fui grande fã dos arianos este episódio não me interessou muito, mas foi bom trazer o Kiki à tona. Uma pena que tenham transplantado a personalidade do Mu para ele, já nem lembra mais o pirralho irritante do clássico.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!