EPISÓDIO 26 - MARCASSIN'S CREED

03/10/2012 22:43

Marsassin’s Creed

Por Julian VK

 

        Continuando com a sequência de episódios que coloca a sanidade mental dos personagens à prova, desta vez temos diversos flashbacks da história entrelaçada de Sonia e Souma. Ambos revivem praticamente as mesmas cenas, envolvendo a missão da marciana que resultou na morte do cavaleiro de Cruzeiro do Sul.

        Mesmo sendo apenas uma criança, Sonia foi enviada para assassinar Kazuma, que liderava os cavaleiros contrários a Mars. A ordem foi dada por sua própria mãe (aparentemente adotiva), Medea, que afirmou acreditar na capacidade da pirralha. Sem muita escolha, a menina foi arrancar a cabeça do pobre mexicano.

        Depois vemos Souma despertando e foi então que cheguei na parte mais terrível e assustadora do episódio. Ouvi um grito de gelar a alma e apertar o coração. Um guincho tão terrível que pensei ser o chamado da própria morte, que finalmente a minha hora de partir havia chegado. Felizmente era só a voz do Souma criança chamando por seu pai. Maldito, precisava me assustar?

        A parte da conversa entre  Kazuma e os outros cavaleiros de prata não é lá muito importante, mas serve para mostrar que ele era um homem calmo e dedicado. Logo em seguida ele enfrenta Sonia, e, como era de se esperar, mostra ser muito superior à marciana. Sendo assim, como ele foi morrer? A resposta é simples, Cruzeiro do Sul era ainda mais burro que o normal para um cavaleiro de prata. Recusou-se a combater uma criança e ainda por cima cometeu o erro de dar as costas para ela. Bem feito pra ele.

        Ironicamente, depois de penetrar a armadura de Kazuma e matá-lo, Sonia desatou a chorar. Afinal de contas, qual o problema com os personagens deste episódio? A propósito, Souma (crescido) viu tudo e aparentemente odeia a marciana um pouco menos agora. Mas ele ainda diz que vai acabar com ela.

        De toda forma, a ruína das trevas quase acaba com Sonia, mas ela é salva pelo Leão Menor. Ele segura a mão da garota impedindo que ela caía num abismo de trevas, se bem que o próprio Souma não estava apoiado em lugar nenhum. Afinal de contas, como foi que ele conseguiu puxar alguém do nada se ele próprio estava no nada?

        Enfim, Souma – que não foi afetado pela maldita ruína – dá um jeito nas ilusões que incomodavam os dois e finalmente se reúne com Yuna, Haruto e Ryuho. Agora só faltam Eden, Aria e Kouga, sendo que este último descobre que na verdade seu cosmo é do elemento das trevas.

        Pessoalmente, achei este episódio menos interessante que o anterior, especialmente porque revelaram o passado de Sonia, mas não explicaram porra nenhuma. Minha crítica fica por conta da luta entre ela e Kazuma, pois ficou forçada ao extremo. O prateado foi derrotado de uma forma tão humilhante que chega a envergonhar toda a ordem dos cavaleiros.

        Parece que existe uma verdade absoluta em Saint Seiya, que nunca muda no passado ou no presente: cavaleiro de prata só se fode.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!